quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Aprenda a hidratar seus cabelos em casa


Muitas vezes quando fazemos hidratação nos cabelos em casa não conseguimos o resultado esperado,
Achei esta dicas de ouro,e vou compartilhar...

Seguir o tempo recomendado é um dos truques que garantem fios bem cuidados
DICAS DE ANA PAULA DE ARAUJO - Não são todos que dispõem de tempo - e dinheiro - para ir com frequência ao salão de beleza fazer hidratação, mas isso não pode servir como desculpa para ter desleixos com os fios. Hidratar as madeixas em casa é econômico e, dependendo do produto escolhido, pode demandar pouquíssimo espaço em sua agenda. "Hoje, com as tecnologias avançadas de nutrição dos cabelos, as moléculas são capazes de penetrar nas fibras capilares em menos tempo", afirma cabeleireiro Ruben Navarro, do Club Capelli, no Rio de Janeiro. A seguir, confira o passo a passo dos profissionais para fazer em casa uma hidratação digna de salão.
1 DE 9
1-Escolha o creme certo
O primeiro passo para uma hidratação potente é escolher o creme certo para o seu tipo de cabelo, de nada adianta escolher um creme apenas por indicação ou pelo preço: ele deve ser específico para o seu tipo de cabelo: seco, oleoso, misto... Quem tem químicas nos fios, por exemplo, pode escolher cremes que recuperam os estragos causados pelo processo químico.
A consistência também conta na hora de escolher o creme. O ideal é que a consistência seja normal - nem dura, nem diluída demais. Isso facilita a aplicação do creme, de forma que ele fique bem espalhado nas fibras capilares.

2-Opte por uma ampola
O mercado da beleza também conta com ampolas, que são tão eficientes quanto os cremes, o modo de uso é bem similar ao de alguns cremes de hidratação: basta usar xampu, condicionador e passar a ampola nos fios. Ela é tão prática que pode ser usada até mesmo durante o banho ,tempo do fabricante de 5 a 3 minutos.
A escolha da melhor ampola segue os mesmos critérios da escolha do creme. Tem ampolas pós-tintura, para cabelos secos, para cabelos volumosos etc.  

3-Lave bem os fios
Antes de sair passando o creme ou a ampola, é preciso que o cabelo esteja bem limpo. Para quem usa muito produto no cabelo - como leave in e pomada antes da hidratação, fazer a lavagem com um xampu anti-resíduos, seguida pelo xampu de uso comum. O xampu de limpeza profunda retira todos os resíduos e abre a escama do cabelo, para que o creme penetre melhor. Já o xampu comum começa a tratar antes mesmo da hidratação.
4-Tire o excesso de água
Depois da lavagem, nada de deixar o cabelo ensopado. Use uma toalha para retirar o excesso de água dos fios, já que ela pode oxidar os nutrientes contidos no creme, atrapalhando o processo. Além disso, a água é responsável por diluir o creme, o que também diminui a sua eficácia. 
5-Aproveite para desembaraçar
Muitas pessoas, principalmente aquelas com cabelos mais crespos, têm dificuldades em desembaraçar os fios. Que tal aproveitar a maciez proporcionada pelo creme para fazer isso? Usar as mãos para aplicar o creme e massagear o cabelo, além de tirar os incômodos nós, também potencializa o efeito da máscara. Comece pela parte de trás da cabeça e massageie mecha por mecha, passando os dedos entre os fios, até chegar à frente. Vale também usar um pente mais largo ou uma escova raquete, com muito cuidado para não quebrar os fios. 

6-Toalha quente na cabeça
Depois da massagem nas mechas, o cabelo pode ficar quietinho em seu canto. Mas o hábito recorrente de usar toucas térmicas não é recomendado. Isso porque, ela pode aquecer demais os fios, prejudicando sua estrutura. Aconselha a utilização de uma toalha quente. Basta molhar a toalha na água quente do chuveiro e torcer, para tirar o excesso. A toalha quente vai fazer a máscara ficar mais potente. Outra coisa que pode ser feita é enrolar o cabelo em papel filme, que não esquentará excessivamente e potencializará a hidratação. 

 7-Siga o tempo recomendado
De nada adianta exceder o tempo indicado no rótulo do produto, pensando que, assim, alcançará melhores resultados. Por exemplo, se uma máscara tem ação rápida (de três a cinco minutos), ela deve ser deixada apenas esse tempo. Passar desse tempo não aumentará o efeito. 

8-Um banho de água fria
Na hora de enxaguar, prefira a água fria ou, no máximo, morna. A água fria deixa o cabelo mais brilhante porque fecha as escamas dos fios.  Mas sabemos que nem sempre é fácil enfrentar a água gelada do chuveiro, ainda mais se as condições climáticas não ajudarem. Para isso, Ruben Navarro dá a solução: "Água mineral de garrafa também é uma boa opção para quem não suporta a água fria do chuveiro".

9-Retire todo o resíduo
Outro hábito que muitos julgam correto, mas que não traz nada de bom para o cabelo, é deixar um pouco de creme no cabelo, mesmo após a lavagem, na ilusão de que o creme continue atuando mesmo depois de enxaguar. "A consistência dos cremes de nutrição é mais pesada e, assim, pode deixar os fios com aspecto sujo e extremamente oleoso. Então, é importante retirá-los muito bem", explica Ruben Navarro. Os especialistas entrevistados indicam o uso do leave in após a lavagem - ele hidratará o cabelo e foi feito para não ser enxaguado.

gostou, beijusss

Amaciante de roupas ecológico

Gostaria de compartilhar com vocês minha receita de amaciante, bom eu gosto muito de confort é meu preferido, mais ultimamente ele começou a manchar minhas roupas e tinha que diluir muito para poder usar então comecei a pesquisar.
Assim comecei a fazer meu próprio amaciante, muitas pessoas perguntam que amaciante que eu uso porque minhas roupas são muito cheirosas.....
Alem disso e ecológico ou seja não polui o meio ambiente, bom vamos a receita.


Amaciante Caseiro
 super fácil de fazer e rápido.!

 INGREDIENTES:
 3 litros de água 
 2 colheres (sopa) de glicerina liquida
 3 colheres (sopa) de leite de rosas ( ou água de rosas )
 ½ sabonete de sua preferência. 

MODO DE PREPARAR: Leve ao fogo 1 litro de água com o sabonete ralado,deixe dissolver bem(sem ferver). Despeje num balde 2 litros de água fria acrescente a glicerina, o leite de rosas e o sabonete dissolvido. Misture bem e engarrafe, retire a espuma apertando a garrafa. a mistura fica liquida mas no dia seguinte fica cremosa.

Dica *Você pode  acrescentar colônia de bebê, ou essência.
         *O sabonete eu uso de bebe porque fica uma delicia.
         * Essência compra-se em lojas de produtos naturais.

Espero que goste, beijuss 







Os dez mandamentos da nutrição infantil



Os dez mandamentos da alimentação infantil.

Ter filhos que comem de tudo, principalmente frutas, legumes e verduras, parece ser o sonho de nove em cada dez mães. Mas dicas preciosas podem mudar o rumo da alimentação na sua casa, a começar pela postura dos responsáveis. Se nem todo mundo domina o segredo de fazer os filhos comerem alimentos saudáveis, a nutricionista Gabriela Kapim, apresentadora de "Socorro! Meu filho come mal", que estreia nesta terça-feira (2), às 21h30, lista os dez mandamentos para um boa rotina alimentar. Confira abaixo as explicações da nutricionista e imprima a lista para criar novos hábitos na sua casa. Vale até colocar na porta da geladeira!


1
Alimentação é, acima de tudo, um gesto de afeto e carinho
"Alimentar é uma forma de cuidar dos filhos. A amamentação tem essa simbologia, do cuidado, do afeto, do amor. E muitas mães esquecem disso depois que a criança passa para a fase do garfo e da colher", explica. Ou seja, o importante é a mãe entender que se oferece alimentos saudáveis, está fazendo um bem ao filho. E não o contrário.
2
Alimentação consciente é uma questão de educação! Comer bem e de forma saudável se aprende em casa e desde cedo
Como tudo o que a criança aprende na vida, a alimentação vai de acordo com o que os pais ensinam. "Na alimentação acontecem os primeiros 'nãos' que os pais dão aos filhos. Pode a criança não escovar os dentes? Não. Então também não pode a criança não comer uma fruta", resume Gabriela.
3
Comida não é moeda de troca! Não pode haver negociação entre comida e brinquedo, passeio, festa...
O que muitos pais fazem é uma negociação com os filhos sobre a alimentação. "A criança começa a não comer bem para chamar a atenção dos pais, e eles acabam negociando com bens materiais. E não é essa a moeda que as crianças estão pedindo", explica Kapim. De acordo com a nutricionista do "Socorro! Meu filho come mal", a negociação com os filhos vai resolver uma situação pontual. "O que não pode é chegar ao ponto de tudo ter que negociar. Quando se educa e dá carinho, não é preciso negociação", finaliza.
4
O prato precisa ter 5 cores diferentes
A variação de cores significa uma variação de nutrientes. Ou seja, uma comida colorida mostra que é um refeição com todos os nutrientes necessários. "Se os pais colocam só verde, a criança vai deixar de receber os nutrientes e minerais do que tem no amarelo, por exemplo", diz Gabriela. Segundo ela, são quatro categorias de alimentos que é necessário ter no prato. Leguminosos (feijão, grão-de-bico, lentilha); cereal (arroz, trigo, cevada, aveia); proteína (frango, carne, peixe, ovo) e vegetais (hortaliças e verduras).
5
Os pais são sempre o melhor exemplo para os filhos. Atenção ao que você come na frente do seu filho!
A explicação é simples: não adianta você ir ao fast food com seu filho, chegar em casa e oferecer uma fruta. "A família é o maior exemplo da criança", salienta a nutricionista.
6
A hora da refeição deve ser um momento de reunir a família
Gabriela Kapim chama atenção para um costume antigo que se perdeu ao longo dos anos, o de fazer as refeições em família. "Ninguém mais come junto, é cada um no seu canto. Se reunir dá a oportunidade de a criança ver o que os pais comem, deles saberem como foi o dia do filho. Esse momento faz parte de uma boa rotina alimentar", diz.
7
Nada de televisão, tablet, videogame ou celular ligados durante as refeições
"Eles são a distração do cérebro", resume Kapim. Segundo a nutricionista, se a criança se alimenta vendo TV ou brincando com o celular, o cérebro não registra o que está sendo ingerido. "A criança tem uma absorção prejudicada, alterando o funcionamento do Sistema Nervoso Central. Ela pode comer demais, ou comer menos do que precisa", justifica.
8
Para não gostar de um alimento, a criança precisa experimentar várias receitas! Às vezes, a forma de se preparar o alimento muda a aceitação da criança
Estudos mostram que para uma criança não gostar de algo é necessário que ela tenha experimentado o alimento pelo menos 10 vezes, de maneiras diferentes, segundo a nutricionista. "Para a criança reconhecer que não gosta de cenoura, por exemplo, é preciso que os pais ofereçam a cenoura em dez maneiras diferentes. A cenoura ralada tem um sabor, a cozida tem outra e por aí vai. Então ofereça bolo de cenoura, purê de cenoura, suflê de cenoura e outras variações antes de desistir", conta.
9
Se a criança não estiver com fome, não precisa comer. Mas não pode comer outra coisa antes da refeição...
É o que acontece com a substituição pelas refeições. A tática é: se a criança não quer comer naquela hora, tudo bem. Mas na hora de comer, deve ser a refeição. "Ela não deve ser obrigada a comer. Tem vezes que a criança realmente não está com fome, mas não pode substituir por outra coisa", diz Kapim.
10
As regras são para todos os membros da família!
Os filhos seguem os exemplos dos pais. "Não vale querer que a criança coma três tipos de frutas se a família não come uma!"

Gostou eu adorei beijuss

Acabe de vez com a celulite


Nove maneiras para acabar com a celulite
Especialistas listam tratamentos que mostram resultados em duas semanas

Ela vai aparecendo aos poucos e dá um trabalho enorme para sumir - quando some. Inimiga das roupas mais curtas e pesadelo dos modelos justos, a celulite incomoda ainda mais no verão. "O problema aprece quando os vasos sanguíneos são comprimidos, dificultando a nutrição celular e a retirada das toxinas dos tecidos", explica a dermatologista Daniela Landim, da Sociedade Brasileira de Laser. Fases de mudança hormonal, como a puberdade, a gravidez e a menopausa, quando há mais retenção de líquidos, tendem a piorar a situação. 

O combate ao problema conta, atualmente, com uma variedade de tratamentos estéticos que, para fazerem efeito, dependem de uma grande mudança de hábitos. "Alimentação balanceada, sem frituras e com muita água, e a prática de exercícios físicos, são fundamentais", afirma a dermatologista. A seguir, ela e outros especialistas dão receitas para combater à celulite - são soluções simples, que começam a mostrar resultados em duas semanas. 
        
1 DE 9

Alimente-se adequadamente 
Alguns alimentos ajudam a desintoxicar o organismo - é o caso da maçã, rica em pectina, que neutraliza as toxinas presentes no organismo. Alimentos integrais, que têm muitas fibras, vitaminas do complexo B e minerais, também têm este efeito: eles aceleram a digestão do açúcar e não deixam o metabolismo entrar em marcha lenta. As folhas verde-escuras também melhoram a circulação e desintoxicam. O azeite de oliva, por sua vez, é anti-inflamatório e evita os edemas. Cuidar da alimentação é uma maneira de potencializar outros tratamentos e obter resultados mais rapidamente.  

Beba água 
A ingestão de líquidos ajuda a eliminar as toxinas, responsáveis pela formação da celulite. Para que haja o efeito desejado, você precisa beber dois litros de água, fracionados durante o dia. Outros líquidos, como sucos e isotônicos, também ajudam, mas é preciso ter cuidado com a quantidade de açúcar e calorias presentes nestas bebidas. 

Pratique exercícios físicos 
A celulite é reflexo de uma espécie de infarto dos vasos sanguíneos, causado por problemas circulatórios. Para melhorar o aspecto dos furinhos que você já tem e evitar que novos apareçam, a atividade física é primordial. Além de ajudar a eliminar a gordura localizada no quadril e nos glúteos, os exercícios melhoram a circulação e, consequentemente, o aspecto da pele.  

Drenagem linfática 
A drenagem ajuda a retirar as toxinas dos tecidos e melhorar a circulação. "Por atuar nessas duas frentes, o tratamento é tão eficaz", afirma a médica Daniela Landim. Quando as massagens são realizadas duas vezes por semana, os resultados surgem no dia seguinte: você sente mais vontade de ir ao banheiro e a retenção de líquidos desaparece. Associada a hábitos alimentares saudáveis, a drenagem mostra resultados na pele após quatro sessões. 

Massagem modeladora 
Esta técnica não é destinada especificamente para a celulite, e sim para a perda de medidas. Mas, por melhorar a circulação, pois há aumento do fluxo de sangue na região massageada, ela também diminui a celulite.  

Cremes anticelulite e automassagem 
Os cremes para celulite têm efeito muito sutil se usados isoladamente. Mas, se associados à automassagem, eles respondem com mais eficiência - o ativo mais recomendado pelos especialistas é a cafeína, que inibe ação de uma enzima que estoca gordura. 

Para fazer a automassagem, levante os braços e, com a mão oposta, faça um bracelete ao redor do punho e arraste sua mão, circulando o braço, até a axila. A pressão deve ser firme, mas sem machucar ou deixar manchas roxas na pele. Nas pernas, a massagem deve ser feita direto nas áreas onde a celulite está concentrada - sempre em direção ascendente, ou seja, comece nos joelhos ou tornozelos e suba até a virilha. 

A cosmetóloga Roseli Siqueira, especialista do Minha Vida, dá a dica: massageia as plantas dos pés com uma bolinha de tênis, pisando nela. "Isso ajuda muito no bombeamento do sangue. Outro exercício gostoso é a massagem das pernas com um pau de macarrão, sempre em sentido ascendente", afirma.  

Tratamentos estéticos 
A endermologia é uma técnica que, além de drenar, modela o corpo. Ela é realizada com uma máquina que faz palpação, rolamento e sucção sucessivamente e ajuda a eliminar o aspecto de casca de laranja. Existe também a associação deste aparelho ao laser, estimulando a formação de colágeno e deixando a pele mais firme. Segundo Daniela Landim, esses métodos de tratamento para celulite são os mais comuns e mais eficazes, desde que associados a hábitos saudáveis.  

Mude seus hábitos
O excesso de salto alto, o sedentarismo e as profissões que exigem muito tempo em posição sentada prejudicam a circulação e predispõem ao aparecimento da celulite. "Intercale o salto com sapatos baixos, levante da cadeira a cada duas horas, use as escadas, ande mais a pé, pare o carro numa vaga distante do seu trabalho. Com pouco esforço, você melhora sua circulação", afirma a dermatologista.

Quebre a tensão 
A cosmetóloga Roseli Siqueira aponta a quebra das tensões musculares como um método eficaz para melhorar a circulação. "Na Europa a maior novidade no tratamento da celulite é o desbloqueio dos pontos de tensão", diz a especialista. Então, tente relaxar seu corpo, aliviar as tensões. Fazer alongamentos e exercícios respiratórios profundos, todos os dias ao acordar, é a dica da especialista. 

Agora vamos praticar para melhorar a circulação e acabar com a celulite;

Beijusss